06 janeiro 2016

Guia: Viajando sozinha


Lembram do WLFB3? Aquele concurso que é só amor e até hoje ainda me enche de amor? (E olha que eu nem ganhei viu), pois é, pra ir pra fase presencial lá em Porto Alegre, tia suh precisou viajar sozinha. Tipo, ficar num avião sozinha. Aqueles bagulho grande, que pesa trocentas toneladas e ainda assim consegue ficar suspenso no ar a uma cacetada de quilômetros do chão. Neste caso eu, suele, estava a uma cacetada de quilômetros do chão sozinha dessa vez em particular. Solitária. Sozinhona. Forever alone.

Até o dia anterior eu estava DE BOA, tava nem me ligando de nada. Ou assim eu achava, que ia tirar de letra essa experiência bobinha. Ledo engano. Tão ledo. Mais ledo que a Leda, a moça que acha que primo não é parente então bola frente, parente do Luís Fernando em Maria do Bairro. (To perdendo o foco de neuvosor)

Pois foi só ir acompanhada do Olhos Verdes até o despacho de bagagem que eu comecei a ter um sentimento de estranheza.

Invocado que a gente só percebe como depende de outra pessoa pra certas coisas, quando elas não vão com você pro que costumam ir (oi?). Foi assim comigo e Hélio.
Assim que chegamos na entrada da parte interna do aeroporto (aquela que você só tem acesso se tiver passagem na mão mesmo), e diferente do que era de costume, o namorado parou de andar pouco antes das faixas de contenção. Virei pra ele com o já conhecido barulhinho frio e metálico de ficha caindo.

Com lagriminhas de nervoso nos olhos me despedi do namorado e entrei.
Ok, agora abandonamos a crônica de medos irracionais da suelen pra de fato começarmos o guia baseado na minha experiência, que foi na realidade super fácil e intuitiva. Portanto não se deixem enganar com o nervosismo da tia suh, que eu penso que pode ser o caso de muitos de vocês que também ficam nérvoros com situações novas. Mas nada temam! No pior dos casos sempre tem um funcionário no aeroporto feliz em te ajudar, caso você precise. Vamo que vamo!

  • Esteja sempre com um documento com foto em mãos (no bolso, na carteira, enfim, cê vai precisar da sua identidade/carteira de motorista pra tudo!)
  • Faça uma checklist um dia antes da viagem, deixar pra última hora sempre dá no desespero de ter esquecido algo em casa.
  • Saia de casa de barriga cheia (comida de aeroporto É CARA PRA DEDÉU)
  • Leve na bagagem de mão um mini-kit de emergência (remédio pra enjôo, bandaid, etc)
  • Salve qualquer código ou informação do vôo no celular, na galeria (porque não se sabe em que áreas do aeroporto você vai ficar sem sinal e sem internet) e também anotado ou impresso em algum lugar (sabe lá se seu celular vai fazer a doida e desligar)
  • Caso queira ou precise dormir no vôo, mantenha seus pertences no compartimento superior da sua poltrona e cheque se está tudo ok antes das portas abrirem quando rolar o pouso (tem tempo de sobra), e de resto como celulares/ipods/etc, na mão e dentro do bolso! Ser roubada dentro de um avião é bem difícil porque literalmente não tem pra onde correr quando o ser é pego, mas pode acontecer. Não dê brecha!


A primeira coisa a fazer, é o checkin no seu vôo. Isso pode ser feito pela internet, no seu computador ou smartphone ou sei lá na pia da cozinha (se ela pegar internet), ou no totem de atendimento no aeroporto. É no checkin que você vai escolher onde vai sentar no avião e imprimir seu cartão de embarque (ou cartões de embarque, caso você faça conexão em outro lugar antes do seu destino), que contém o código de barras que os funcionários do aeroporto vão precisar pra te identificar. No meu caso, eu fiz primeiro o checkin em casa, pela internet alguns dias antes da viagem (onde escolhi minha cadeira no avião), e depois uma hora antes do vôo fui no totem com o código gerado pelo checkin no celular, e o digitei na máquina pra imprimir o cartão de embarque. (Dá pra fazer isso com o número do seu RG também) é realmente bem facinho e sempre tem um funcionário perto do totem pra te acudir se precisar.
Dica: viajando sozinha, prefira sempre lugares no corredor! (já explico)



Ok, passamos por isso na novela acima, mas acho importante passo-a-passo-ar mesmo assim.
Feito seu checkin, vá com seu cartão de embarque para os guichês de despacho de bagagem. Antes de mais nada, vá no site da empresa verificar o que é permitido ou proibido levar tanto na bagagem de mão, quanto na mala, pra não ter surpresas desagradáveis depois, assim como o peso máximo da bagagem também. Parece lezeira porque você não ta indo pra nenhuma convenção ninja pra precisar levar adagas e etc, mas vê minha cara de surpresa quando fiquei sabendo que não podia levar desodorante em spray na bagagem de mão.
Dica: Pra não levar mais ou menos roupa que o necessário, fazendo volume desnecessário e ocupando espaço precioso na mala, divida seus looks de acordo com a quantidade de dias que você vai passar fora. Pode separar eles com as peças dobradinhas juntas ou em sacolinhas. BEM mais organizado e útil.

Como dito lá em cima, tenha sua identidade (e agora a essa altura, seu cartão de embarque) com fácil acesso a todo momento, porque vão te pedir pra mostrá-la em vários momentos. Pra chegar no portão de embarque do seu vôo, você primeiro vai precisar passar por uma fila pra chegar ao detector de metais. Antes dele, já tenha tirado seus brincos, colares, e o que mais possa fazer o trem apitar e atrapalhar a fila.
Dica: Não adianta ir arrumadona pro aeroporto mana. Na hora do detector de metais, vai ter que tirar casaco, óculos, jóias e ás vezes até botas. Vai numa nice, e quanto mais confortável melhor, já que passar horinhas apertada num avião sempre pode ter uma ajudinha.

Depois daí é só alegria! (Quase) O número/letra do portão do seu vôo ta impresso e é só correr pra lá (ou andar se você não for atrasada que nem eu).

Agora, o porquê da dica de sentar no corredor ao viajar sozinha.
Quando fui pra semifinal em RS, que claro deu origem a esse post, passei um pequeno perrengue na viagem Manaus - SP, onde era minha conexão. Lerda que sou, havia escolhido um assento na janela.

Acontece que, e eu não estou dizendo que isso vai acontecer com você, um senhor (não velhinho, seilá, evitei ficar olhando mas devia ter uns 40) sentou na cadeira do meio, do meu lado, e digamos que o dito cujo sofria de uma condição infelizmente não muito rara chamada saco de cristal.
Perdão, caros floquinhos, pelo termo usado-- MAS GENTE QUE ÓDIO QUE EU TÔ (de lembrar), pra quem não conhece a condição, se trata de um homem que quando sentado se sente confortável quando, e apenas quando, ele estiver com as pernas bem afastadas, ocupando metade - METADE - do meu assento, e metade do assento do corredor que aliás ficou vazio o vôo inteiro. É. Foi um vôo de 4 horas em que tia suh ficou espremida contra a parede do avião pra não encostar nesse senhor. Que inclusive também tinha o cotovelo ocupando inteiramente o braço da poltrona e ultrapassando a mesma, também pegando espaço a mais do meu lado. NÃO SEJA ESSE CARA.

Simulação real. Sério. Sem putaria. EXATAMENTE ASSIM.

Tia suh foi uma besta pois devia ter dito alguma coisa, um DÁ LICENÇA?? ou uma mudança estratégica de lugar pois provavelmente haviam outras poltronas vazias no avião (DICA RELÂMPAGO: Frente a uma situação de desconforto, procure outra poltrona vazia quando o sinal de cinto de segurança estiver desligado.)

Anyway, chegando em SP com um torcicolo maldito e muito mUITO MUITO SONO (não preguei o olho, obviamente), e com meu outro cartão de embarque parti pro próximo portão. Dessa vez felizmente sentei do lado de dois jovens simpáticos que não sofriam de nenhuma anomalia cultural de pensar que pernas fechadas poderiam prejudicar sua masculinidade viril. (VULGO B**** DE OURO) E quando chegou o dia de voltar, escolhi assentos no corredor, bastante espaço e bem mais conforto. Um cara tentou puxar papo, mas educadamente desguiei. E foi tudo tranquilis dibois.

Espero que o post tenha ajudado vocês! <3 Se houver alguma dúvida ou sugestão, já sabem: COMENTA SEU LINDO E SUA LINDA

Beijos de neve
that's new

20 comentários:

  1. Suelen, tem que ser vida loka com os bola de cristal mana, eu acho que faço uma cara de "MORRA" tão grande que dá certo, não sei o que acontece. Ainda bem que eu catei janela e como a pessoa que ia ficar na poltrona do corredor perdeu o voo, o moço que ia ficar do meu lado foi pra ela *PALMAS PALMASS*. O daora foi que eu insisti de viajar sozinha, meus pais não botaram fé que eu conseguiria ir ser morrer ou ser extraviada, catei ônibus, metrô, avião, ônibus de viagem, táxi, tudo sozinha, vou guardar o orgulhosinho pra próxima viagem quando estiver cagando de medo de novo.

    www.faltouacucar.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Palmas pra esse moço com um pingo de discernimento!

      Excluir
  2. Nossa, que post legal.
    Eu nunca viajei e jurava que você escolhia o assento quando comprava a passagem, adorei as dicas do check-in e tudo mais. Agora, esse negócio de gente FOLGADA, temos em todo o lugar, esses dias no ônibus aconteceu comigo, eu simplesmente levantei e fiquei em pé, pq não sirvo para pedir licença (tenho vergonha). Mas ainda bem q tudo ocorreu bem, queria que você tivesse ganhado :( Mas terão outras oportunidades.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, que moço legal
      Moço dá pra escolher o assento na hora de comprar sim viu? Mas também dá pra comprar e NÃO escolher como já rolou comigo, de qualquer forma você precisa confirmar o assento quando for imprimir o bilhete de embarque! :p
      Já passei muito por isso em ônibus também. Argh
      Obrigada xuxu <3

      Excluir
  3. Acho que a melhor coisa dos seus posts é como tu consegue deixar tudo tão descontraído com essas ilustras. Pode parecer estranho, mas eu AMO avião e AMO viajar sozinha. Mas o diferentão do descanso de braço, MANO, aff. I know the feeling!
    COMO EU TÔ AMANDO TU POSTAR DIA SIM E OUTRO TAMBÉM.
    <3
    www.horinhasdedescuido.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. TU É ESTRANHA
      eu também to amando até agora! VAMO VER COMO ROLA NÉ

      Excluir
  4. hahah! A única vez que viajei sozinha foi quando eu tinha 12 anos, então foi mais tranquilo porque eu fui acompanhada com a aeromoça. :) mas ótimas dicas! Esse ano, pra mim foi um pouco diferente... meu namorado que viajou pra Rússia pra ficar dois meses e eu que fiquei aqui chorando com ele dizendo que precisava fazer isso sozinho :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. nunca viajei sozinha antes desse dia HAHAHA mas seria uma criança neurótica com certeza
      Ah que legal pra ele! Aproveita esse tempo distante pra focar em você, sua linda <3 desfaz essa carinha triste!

      Excluir
  5. Cara, nunca viajei sozinha, mas sei que logo esse dia vai chegar e sei que a experiência pode ser maravilhosa. As ilustrações estão incríveis (como sempre) <3


    http://www.garotaraitech.com

    ResponderExcluir
  6. haha adorei! eu to querendo fazer um mochilao pra fora, algo assim, ou até msm um intercambio sozinha, as dificuldades fazem parte hehe

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  7. Amei as dicas :D e o post recheado de bom humor também <3

    Beijos e até mais,
    Jayane Fereguetti
    http://www.ulalahmundo.com

    ResponderExcluir
  8. Que post incrível dona Suele!!!!
    É assim mesmo né, dá aquele nervoso, mas é uma experiência incrível!
    Chorei com as ilustras hahahaha Tangamandápio (deus, de onde você tira essas coisas? ahahahah pior que já ouvi isso, mas não lembro onde)
    Beijossss <3

    ResponderExcluir
  9. Putz, Su! Nunca viajei sozinha. Nem ando viajando na verdade.. Mas essas dicas vão me servir demais!
    Quanto ao cara bola de cristal, se eu fosse você não teria passado o voo assim não kkk Já ia logo encrencar kkk

    Beijos

    www.thebrubs.com

    ResponderExcluir
  10. Essas dicas de viajar sozinha foram boas, com as ilustras ficaram melhores ainda! :D
    Viajar toda torta por causa dos bolas de cristal é um saco, e a minha alegria mais suprema foi a vez que eu fui viajar de ônibus e tive dinheiro para pagar por dois bancos. O ônibus estava lotado e eu lá, felizona, espalhada nas duas poltronas :)

    ResponderExcluir
  11. Nunca viajei sozinha tenho muita vontade de muito medo ao mesmo tempo!!!! Porque o cara que senta ao lado do avião não pode ser alguém legal que conversemos a viagem inteira né?
    simplesmenteassimj.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. O post "caiu no meu colo" no momento certo, vou fazer intercâmbio em julho, para Toronto, e mulher tô com receio em relação a várias coisas, além de ser minha primeira viagem SOZINHA e minha primeira viagem internacional, as pernas tremem um pouco mas nada que boas dicas não possam ajudar a acalmar, enfim, amei!
    Estou seguindo e completamente apaixonada pelo blog <3
    Beijos.
    Tenho um blog sobre filmes, series e cultura no geral. Se puder dar uma conferida eu ficarei grata: http://cineleva.blogspot.com/ :)

    ResponderExcluir
  13. Su, confesso que ri bastante com as ilustrações hahaha! vc é demais!
    Mas eu não tenho coragem de viajar sozinha.... sou mto medrosa.

    bjs da nat
    www.blogmodelando.com

    ResponderExcluir
  14. EU TO GRITANDO????? Suh do céu, eu to querendo muito ir esse ano pra Recife, esse post me tirou muitas das dúvidas que eu tinha sobre viajar pela primeira vez de avião HUEHUEHEUE. Se eu fosse tu, eu dava um chega pra lá nesse homem, porque, minha gente, eu to pagando pra ter conforto até o destino final e não pra ir exprimido na poltrona, Deus tenha misericórdia viu irmã jesjdfhsjfhsdf. Doreiiiiiiiiiiii o post <3
    www.blogdoton.com.br

    ResponderExcluir
  15. Ahhh adorriii! Super bacana! A primeira vez eu fui acompanhada, mas na segunda quase que perco o avião :O ótimas dicas e iluatras :)

    ResponderExcluir
  16. Amei todas as suas dicas, e por mais sérias que sejam, sempre leio com sorriso no rosto =)
    O pior é que as vezes acontece em todo lugar. Mas a dica foi ótima.
    Beijos.

    http://www.docesmudancas.com

    ResponderExcluir

Respondo todos os comentários!
Mas por favor sem baixaria que disso já basta a autora.
Comentários com discurso de ódio serão ignorados. :*
Obrigada!

Página Anterior Próxima Página Início
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...